(54) 3324-3666

Postagens da categoria:

silagem para o gado

Com os constantes avanços da tecnologia e o surgimento de práticas de manejo cada vez mais avançadas no campo, a pecuária moderna tem se tornado uma tendência crescente no mercado de criação animal.

Seu objetivo é agregar padrões maiores de eficiência e produtividade, a fim de atender a crescente demanda por alimentos de origem animal de maneira ainda mais produtiva, lucrativa e sustentável.

Mas afinal, como a pecuária moderna se caracteriza? Quais suas principais tendências? Como ela pode beneficiar minha propriedade? A seguir, confira os detalhes mais importantes que você precisa saber sobre o assunto.

O que é pecuária moderna?

A pecuária moderna, como o próprio nome sugere, consiste no uso de técnicas avançadas e de recursos tecnológicos voltados à otimização da produção de carne, leite e outros produtos animais.

Como citamos, ela visa tornar os processos de criação mais precisos e eficientes. Isso impacta diretamente na sua produtividade e lucratividade. Além disso, graças ao maior controle e otimização das operações, elas também se tornam mais sustentáveis.

Esses ganhos podem ser obtidos por meio de inúmeras práticas. Elas incluem desde o controle nutricional dos animais, até o melhor aproveitamento dos espaços de criação, técnicas de reprodução, recursos voltados à saúde e bem-estar animal, e assim por diante.

Basicamente, a diferença entre a pecuária moderna e tradicional está nos índices de produtividade. Isso porque, a primeira engloba ações coordenadas para um manejo mais eficiente do gado. Já a segunda tem padrões de controle, sanidade e qualidade ocasionais.

Quais suas principais tendências?

A pecuária moderna não diz respeito somente a um padrão produtivo. Na verdade, ela pode englobar diversas técnicas, que variam conforme cada propriedade, seus objetivos e recursos disponíveis. 

Independentemente das ferramentas ou processos utilizados, o objetivo é sempre potencializar a produtividade e a qualidade do produto final. Entre as principais tendências da área, destacam-se:

  • Sistemas de gestão: por meio de sistemas e aplicativos específicos, é possível ter mais controle sobre o gado e suas áreas de criação, controlando aspectos como alimentação, sanidade e reprodução de maneira mais precisa;
  • Recursos de monitoramento: para monitorar o gado e suas demandas, é possível utilizar brincos eletrônicos e sensores móveis, que disponibilizam informações em tempo real para que o pecuarista faça todo o controle no sistema;
  • Contratações sob demanda: dependendo da fase de criação, a propriedade pode depender de mais ou menos peões. Por isso, a contratação de diaristas é crescente na pecuária moderna, pois economiza em mão de obra sem comprometer a produtividade; 
  • Bem-estar animal: as práticas de manejo focadas na qualidade de vida do gado são essenciais para prevenir doenças, agregar qualidade ao produto final e atender à demanda dos consumidores por criações conscientes;
  • Estratégias de nutrição: por meio de rações e suplementos nutricionais específicos, a alimentação do gado é focada em um maior desempenho produtivo, na saúde dos animais, na redução de custos e otimização da rentabilidade;
  • Maior produção por hectare: o Brasil tem diversas áreas agricultáveis. Contudo, muitas estão degradadas pelo mau uso da terra. Para otimizar o uso de pastos para a criação de rebanhos, a pecuária moderna também foca em práticas de recuperação de solo.

Para maximizar resultados e garantir uma produção mais competitiva, os pecuaristas têm diversos recursos à disposição, capazes de garantir um maior controle e monitoramento da propriedade, bem como um melhor aproveitamento de recursos.

Por que a pecuária moderna é vantajosa?

pecuária moderna - agross do brasil

Como você pôde ver, a pecuária moderna pode agregar uma série de benefícios. Por isso, é essencial ficar atento aos seus avanços. Assim, você consegue avaliar os recursos que já pode implementar na sua propriedade.

Afinal, com ela, há um aumento significativo na eficiência produtiva, rentabilidade, na redução de custos, na melhoria da qualidade dos produtos e até na valorização do bem-estar animal e da sustentabilidade. 

Mais que um diferencial competitivo, a modernização da pecuária é um processo contínuo. Ou seja, ela já está ditando os novos padrões do mercado. Ou seja, não há mais espaço para negligenciá-la.

Se você quer aderir aos principais avanços do setor, comece pela otimização da nutrição do seu rebanho. Com uma boa suplementação, você otimiza a produtividade do gado, seus padrões de saúde, qualidade de vida e a própria excelência do produto final.

A Agross é referência no assunto e oferece uma linha completa de nutrição. Com nossos misturadores, você garante uma ração mais homogênea e adequada às demandas específicas do seu rebanho.

Quer dar o primeiro passo para desfrutar dos benefícios da pecuária moderna? Entre em contato com a equipe da Agross! Estamos à disposição para apresentar todos os diferenciais das linhas Bestmix, Turbomix e Nitromix.

5 de junho de 2023

Muito utilizada como alternativa nutricional em períodos de seca, a silagem para gado também é excelente para otimizar a produtividade de rebanhos em confinamento. 

Contudo, seu manejo exige conhecimento e planejamento para que os resultados desejados sejam atingidos.

Se você quer conhecer o tipo ideal de silagem para gado confinado e como utilizá-lo da melhor maneira, veio ao lugar certo. 

A seguir, veja os detalhes mais importantes para aproveitar os benefícios dessa opção alimentar na sua propriedade!

O que é silagem para gado exatamente?

Caso você ainda não saiba, a silagem consiste em um composto alimentar para animais de criação. Ela geralmente é composta por material verde vegetal, que é submetido a um processo de fermentação e acidificação.

Sua função é garantir o equilíbrio e a qualidade nutricional. Isso porque, quando manejado da maneira correta, fornece todos os nutrientes necessários para preservar a saúde do gado e para garantir os níveis esperados de engorda.

Como citamos, a silagem é muito utilizada em períodos de seca, quando os pastos são escassos. Entretanto, ela possui destaque especial como estratégia produtiva para rebanhos de confinamento.

O motivo é que a silagem para gado é uma maneira prática de alimentar lotes numerosos, de forma mais viável e com maior controle nutricional, para que os animais atinjam os requisitos produtivos planejados. Em geral, a quantidade disponibilizada diariamente é a seguinte:

  • Gado em engorda: cerca de 3% do peso vivo do animal;
  • Touros: cerca de 1,5% do peso vivo;
  • Vacas leiteiras: cerca de 3% do peso vivo ou até 20 kg/cabeça;
  • Bezerros e novilhas: 5 a 6 kg;
  • Vacas Secas: 9 a 15 kg/cabeça;

Normalmente, o produto é feito de milho. Contudo, quando o grão está com valor de mercado muito elevado, o capim também é bastante utilizado. Outros insumos comuns são o sorgo e a cana-de-açúcar. 

Qual tipo ideal de silagem para gado em confinamento?

Conforme também já mencionamos, o confinamento é uma maneira extremamente eficaz de potencializar a produtividade do gado. Afinal, ele permite criar mais animais em menos hectares e promover um controle mais preciso sobre sua nutrição.

Nesse contexto, a silagem para gado se destaca não só pela sua qualidade nutricional, mas também por ser financeiramente sustentável na propriedade. Contudo, é essencial prezar pelo tipo ideal para rebanhos confinados.

Dito isso, a silagem de milho se destaca como a melhor opção para o gado confinado, porque o grão possui alto valor energético e otimiza a engorda. Além disso, ele é mais palatável, o que aumenta sua aceitação entre os animais.

Por fim, o milho ensilado oferece um dos melhores custos-benefícios, já que pode custar cerca de R$ 70 a tonelada. Portanto, trata-se de uma alternativa que certamente deve ser priorizada. 

Como fazer o processo de silagem da melhor maneira?

silagem para o gado - agross do brasil

Uma boa silagem para gado é aquela que possui alto valor energético, boa digestibilidade para os animais, além de qualidade dos silos. O bom aproveitamento da planta também é importante, pois facilita a colheita.

Todos esses atributos devem ser observados, para que o produtor do alimento realize a colheita da planta no ponto ideal. Caso você adquira o insumo pronto, procure certificar-se de que esses diferenciais são priorizados.

Nesse sentido, procure observar as especificações antes de produzir ou adquirir silagem de milho para os animais confinados. O ideal é que a planta tenha um teor de 34% a 37% de matéria seca quando colhida.

Somado a isso, uma silagem de milho rica em calorias e de alta digestibilidade possui 67% de espigas, 18% de colmo e 15% de folhas. Como a espiga é a parte mais importante da planta, ela deve ter cerca de 74% de grãos, 15% de sabugo e 11% de palha.

Ao produzir o alimento na sua propriedade, você garante mais qualidade e flexibilidade ao oferecer silagem para gado.

A Agross é referência no assunto e tem equipamentos exclusivos para tornar a alimentação do gado mais prática e viável. Conheça a Linha Bestmix!

15 de março de 2023

Produtos em Destaque

Kit Plantio Tornitec Agross

Menos trabalho e mais rentabilidade no campo

Vollverini

Descompactador Giratório para Agricultura