(54) 3324-3666
Blog agross
5 de setembro de 2023

Feno para gado: Como tratá-lo e otimizar o manejo?

O feno para gado é uma das alternativas alimentares mais recomendadas para otimizar a dieta oferecida aos bovinos.

Afinal, como todo produtor sabe, prezar pela qualidade da alimentação do rebanho é imprescindível para que os animais cresçam com saúde, segurança e consigam expressar ao máximo seu potencial produtivo.

Mas, por que o feno para gado de corte e leiteiro é tão indicado para maximizar a bovinocultura? Como e por que prezar pelo seu devido tratamento? Descubra a seguir!

Qual o papel do feno para gado como complemento nutricional?

O feno para gado e leiteiro desempenha um papel crucial na nutrição bovina. Isso porque, muitas vezes serve como uma medida alternativa de alimento para enriquecer a dieta dos animais.

Trata-se de um material formado por alimentos ceifados e secos. Sua composição é rica em fibras e nutrientes essenciais.

Como identificar se o feno é de boa qualidade?

Em geral, o feno para gado de corte e leiteiro é de boa qualidade quando possui aspecto não muito grosso, aparência esverdeada e possui o corpo inteiro da planta, o que inclui o caule, a folha e a cabeça.

Além disso, sua composição pode incluir grama, leguminosas ou plantas herbáceas. Veja alguns exemplos de ingredientes:

  • Gramíneas;
  • Aveia;
  • Azevém;
  • Tifton;
  • Coast-cross;
  • Leguminosas, como trifólio e alfafa;
  • Cevada;
  • Entre outras espécies, o que varia conforme cada região.

Independentemente da forma com que é composto, todo feno para gado é utilizado para forragem. Assim, ele serve para os animais se alimentarem nos cochos

Ele pode ser usado para inúmeras finalidades, seja por falta de pastagem suficiente ou quando o clima não estiver bom para o pastejo, se os animais tiverem que ser mantidos no estábulo (no caso fêmeas prenhas, por exemplo), se houver necessidade de suplementação, entre outras.

Qual é melhor: silagem ou feno?

Muitos acreditam que a silagem é melhor que o feno para gado de corte e leiteiro. Isso porque, seu teor de umidade é significativamente maior.

Entretanto, o volume de matéria seca é o mesmo nos dois. Sendo assim, como esse é o fator que realmente influencia na nutrição dos bovinos, pode-se afirmar que ambas as alternativas são excelentes para garantir uma dieta adequada à criação.

Como e por que tratar o feno para gado de corte e de leite?

O tratamento adequado do feno para gado é uma condição ideal para preservar sua qualidade nutricional. 

Primeiramente, você deve cortar as espécies usadas em sua composição no estágio correto de maturação.

Assim, você garante o máximo do seu valor nutricional. Também evite colher em períodos chuvosos para evitar a umidade excessiva.

Por falar na umidade, seque o feno no sol ou em um ambiente bem ventilado para reduzi-la. O teor ideal é de cerca de 15%.

Depois, armazene-o em um local seco e arejado para evitar a deterioração.

Secagem e armazenamento

O ideal é compactar bem os fardos, protegê-los da chuva e da umidade e empilhá-los em locais elevados para evitar que entrem em contato direto com o solo.

Prezar pela secagem e armazenamento evita o desenvolvimento de fungos e mofo, que podem degradar os nutrientes e tornar o feno inadequado para o consumo animal. 

Antes de oferecer o feno para gado de corte ou leiteiro, analise sua cor, cheiro e textura para identificar sinais de deterioração ou contaminação. Caso esteja mofado, sujo ou com odor desagradável, descarte-o.

Mais que uma medida de segurança, a remoção de impurezas contribui para que o feno seja mais aceito e consumido pelos animais, garantindo um melhor aproveitamento dos nutrientes. 

Por fim, ofereça o alimento em quantidades adequadas às necessidades dos bovinos. Não se esqueça de fornecê-lo em cochos limpos e espaçosos, evitando desperdícios. Por fim, também vale monitorar o consumo, para ajustar a quantidade conforme necessário.

Ao adotar esses cuidados, você maximiza a qualidade nutricional do feno para gado, previne problemas de saúde, reduz desperdícios, aumenta a palatabilidade e garante um manejo mais eficiente de alimentação.

Por que investir em bons vagões misturadores?

Contar com bons vagões misturadores faz toda a diferença para otimizar o manejo do feno para gado de corte ou leiteiro.

Com o uso deste equipamento, é possível misturar diferentes tipos de alimentos de forma eficiente e uniforme. Isso garante uma distribuição equilibrada dos nutrientes. Também evita que o gado selecione apenas certos ingredientes, o que torna a nutrição mais completa.

Além disso, eles agilizam a preparação da alimentação, reduzindo o tempo e a necessidade de mão de obra, tornando o processo mais eficiente. Por permitirem controlar precisamente a quantidade de feno para gado fornecida, os vagões também evitam desperdícios. 

Vantagens de utilizar os misturadores

Utilizar os misturadores é fundamental para garantir uma nutrição equilibrada, promover a saúde e otimizar o desempenho do gado, pois deste modo, permite um melhor controle e distribuição da alimentação, minimizando os riscos de doenças e distúrbios alimentares.

Ao investir em bons vagões misturadores, você tem um manejo mais eficiente do feno e de outros alimentos, garantindo benefícios, tanto para os animais, quanto para sua produção.

Se você utilizar feno para gado de corte ou leiteiro, vai se surpreender com os padrões de precisão, praticidade e produtividade da Agross! 

Entre em contato para pedir o seu orçamento e surpreenda-se com os diferenciais das nossas linhas Bestmix, Nitromix e Turbomix.

Leia Também

O Vollverini é o primeiro descompactador giratório para agricultura em todo o mundo. Ele permite que a estrutura do solo seja preservada no plantio direto, assegurando a retenção e maior infiltração de água na lavoura por meio dos sulcos desencontrados promovidos pelas hastes curvas.

Após anos de desenvolvimento, os resultados com o Vollverini foram testados e aprovados, não só pela Agross mas pelos clientes que foram beneficiados com essa tecnologia inovadora! Suas 6 hastes paralelas de 45 cm de comprimento são responsáveis por descompactar o solo de baixo para cima.

Quais os principais diferenciais da máquina?

Vamos destacar os 4 principais ganhos com o uso do Vollverini e seus resultados.

Sistema efetivo

Em primeiro lugar queremos ressaltar o trabalho realizado pela máquina através do seu sistema mecânico, promovendo a abertura de sulcos (9/m²) e trincamento do solo (nos entre-sulcos). E além disso, o maior objetivo do Vollverini é manter a estrutura, as bases do solo, para que, quando as chuvas não venham imediatamente depois da passagem da máquina, o trabalho de descompactação não seja comprometido.

Aeração intensa

Outro grande atributo é que a abertura dos sulcos e o trincamento do solo promovem uma intensa aeração (processo que proporciona a melhoria da qualidade do solo). Primeiro, assegurando a liberação das micotoxinas retidas no solo ao longo dos anos devido ao intenso uso de fertilizantes químicos. Ao mesmo tempo, garante a entrada de ar neste solo, o que proporciona a melhora da biota, ou seja, um revigor dos micro-organismos vivos, extremamente importantes para o desenvolvimento das plantas.

Absorção vertical da chuva

Destacamos também que a absorção da água será total durante a queda da chuva devido aos sulcos e trincas em formato vertical. Dessa forma, a água é conduzida para o interior do solo, primeiro: evitando todo e qualquer tipo de erosão; segundo: formando micro reservatórios de água no solo, extremamente importante para os momentos de estresse hídrico, além de estar contribuindo com o processo de descompactação e atração das raízes das plantas devido a umidade mantida nesses locais, proporcionando um melhor desenvolvimento. 

Sistema radicular mais profundo

O quarto e último atributo que enfatizamos é a importância do processo de descompactação equilibrada por sulcos e trincas e manutenção da estrutura do solo, no que tange a facilidade de descida do sistema radicular das plantas. Elas encontrarão um caminho aberto, evitando assim o enovelamento das raízes, ou seja, na impossibilidade de penetração elas apenas circundam, não buscando aqueles micronutrientes que se encontram em camadas mais profundas.

Uma das vantagens percebidas com este processo de formação de um sistema radicular mais profundo, é que quando no final do ciclo vegetativo desta planta, em meio ao solo permanecerão estas raízes, que ao deteriorar-se, manterão ao sulco, muito importante para a melhoria da porosidade do solo, consequentemente continuidade da aeração.

Benefícios de usar o Vollverini

O Vollverini melhora o sistema radicular das plantas e evita erosões, mesmo em terrenos inclinados. Seu uso é ideal para solos compactados por pisoteio de gado (em meio ao plantio de braquiária, gramíneas, cobertura verde e dessecada) e para recuperar pastagens.

  • Ideal para terrenos compactados por pisoteio de gado
  • Mantém a palha em nível superior, garantindo a retenção do solo
  • Assegura a retenção da água na lavoura através dos sulcos desencontrados promovidos pelas hastes curvas
  • Reduz o esforço do trator devido o seu sistema rotativo
  • Evita a erosão do solo
  • Remoção equilibrada do solo, que preserva seu nivelamento e estrutura
  • Possuem pneus de alta flutuação que não danificam o solo enquanto a máquina passa pelo terreno

Características da máquina

Os modelos disponíveis podem variar o tamanho e capacidade de trabalho de acordo com a necessidade do plantio. A largura do plantio do Vollverini pode atender entre 2, 3 ou 4,5 metros, além das variações de 3 metros pró (tandem) e canavieiro. Além disso, também há variação no comprimento da máquina e na  potência requerida.

Faça o download do folheto técnico agora mesmo e compare os modelos para escolher o seu!

Conheça a história de sucesso do Jhonatan

O engenheiro agrônomo Jhonatan Orsolin, de Palmitos, Santa Catarina, testou e comprovou os resultados do Vollverini na sua lavoura. Ele dividiu o terreno em duas partes, onde comparou o trabalho do Vollverini versus um descompactador convencional em linha e os resultados com a máquina Agross foram surpreendentes!

As plantas que cresceram ao lado que o Vollverini trabalhou eram mais altas, robustas e suas raízes eram mais fortes e profundas. 

“Quando entramos no lado em que o Vollverini trabalhou, percebemos que a capilaridade do solo conservada, ajudou muito nos primeiros trinta dias de estiagem. Que foi o que deu toda a diferença. […] Com o Agross, a capilaridade do solo natural fez com que a água subisse e chegasse até as raízes nos primeiros trinta dias, que é a fase mais crítica, em que a planta precisa da água” – Jhonatan Orsolin, Engenheiro Agrônomo.

E aí, gostou da nossa solução em descompactação do solo? Quer tirar suas dúvidas sobre a máquina e saber mais detalhes? Fale agora mesmo com um de nossos especialistas!

21 de fevereiro de 2024

Produtos em Destaque

Kit Plantio Tornitec Agross

Menos trabalho e mais rentabilidade no campo

Vollverini

Descompactador Giratório para Agricultura