(54) 3324-3666
Blog agross
24 de julho de 2023

Compactação do solo na agricultura: quais os desafios e como eliminá-los

Corrigir a compactação do solo na agricultura é essencial para ter uma lavoura bem-sucedida. 

Afinal, ela diz respeito à diminuição da porosidade e ao aumento na densidade da terra, que dificultam o crescimento das raízes das plantas e reduzem sua produtividade. 

Trata-se de um problema relativamente comum, que pode ser causado pelo tráfego de máquinas e equipamentos agrícolas no solo úmido, bem como pelo pastejo de animais em áreas integradas entre a lavoura e a pecuária.

Mas, como a compactação pode prejudicar o potencial produtivo das áreas rurais? Como avaliar a terra compactada na minha propriedade? Quais são as principais medidas para evitar prejuízos? Descubra neste artigo!

Quais os prejuízos da compactação do solo na agricultura?

A compactação do solo na agricultura diminui a sua incidência de macroporos. Como consequência, há uma menor infiltração de água no perfil da terra e uma drástica redução na sua aeração.

Além disso, um solo compactado limita o crescimento radicular das plantas. Com as raízes menos desenvolvidas, as trocas gasosas são ainda mais prejudicadas. O mesmo vale para a absorção de água e de nutrientes.

Junto da redução na produtividade das culturas, elas ainda ficam mais suscetíveis a doenças e pragas. Como se não bastasse, há aumento na erosão da terra, redução na sua qualidade e maiores dificuldades para realizar operações agrícolas, como semeadura e colheita.

Como avaliar a compactação na minha propriedade?

Por conta dos fatores descritos acima, a compactação do solo na agricultura está entre as principais causas de perda de produtividade nas lavouras. Inclusive, sua pior consequência é a dificuldade de reter água, que impacta diretamente no rendimento das plantas. 

Como citamos, a terra se torna compacta devido às máquinas e animais que transitam sobre ela. Contudo, o grau de compactação varia conforme as características granulométricas, teor de matéria orgânica e de umidade do solo (sendo esse último o fator mais influente). 

Para conseguir traçar as melhores medidas para corrigir o problema, é essencial que os produtores avaliem a compactação das suas terras. Isso pode ser feito por meio de diferentes métodos.  

Uma alternativa simples e prática é o uso de um penetrômetro. Trata-se de uma ferramenta que mede a resistência do solo à penetração. Outra opção é fazer uma avaliação visual. Para isso,  basta observar a presença de camadas compactadas ou a formação de crostas superficiais. 

A combinação de diferentes métodos é essencial para ter uma avaliação mais precisa da compactação do solo na agricultura. Até porque, quanto maior a precisão da análise, mais eficazes são as medidas de correção. 

Por conta disso, os medidores eletrônicos hoje são as soluções mais recomendadas. Eles permitem avaliar diferentes pontos da propriedade e entender como a compactação está distribuída.

Dessa maneira, é possível traçar o perfil da terra a cada centímetro, entendendo não só a intensidade, mas também a profundidade do problema. Assim, é possível adotar medidas corretivas de maneira muito mais eficaz.

Quais as melhores práticas para corrigir a compactação do solo na agricultura?

Algumas práticas podem ser úteis para combater a compactação do solo na agricultura

Uma boa opção preventiva é inserir plantas com sistema radicular denso ou pivotante no sistema de rotação de culturas. 

Além do manejo de plantas de cobertura capazes de promover melhorias nos atributos físicos da terra, também vale a pena investir em um controle mais preciso do tráfego de máquinas na lavoura.

Junto desses cuidados, você pode obter os melhores resultados com o apoio de equipamentos específicos de descompactação. 

Inclusive, de acordo com uma matéria da Agrolink, a Embrapa recomenda o uso de implementos rompedores de solo de ação profunda.

Vollverini: Descompactador Rotativo com Rolo Faca

vollverini - descompactador de solo - agross do brasil

Se você procura pelas melhores soluções nessa área, conheça o Vollverini

Ele é o primeiro descompactador rotativo do mundo com rolo faca, hastes paralelas de 45 cm de comprimento e lâminas em ângulos e alturas diferentes.

Sua tecnologia permite romper toda a camada compactada da terra. Assim, você garante uma melhor aeração, consegue reter 100% da água da chuva e confere um crescimento mais saudável e produtivo às plantas.

Além de agregar total uniformidade ao solo, o equipamento forma um reservatório natural de água na terra, mantém a palhada intacta, reduz o gasto de combustível do trator, minimiza a erosão do solo e otimiza os seus custos operacionais.

Quer acabar de uma vez por todas com a compactação do solo na agricultura? Acesse a página do Vollverini para saber mais sobre ele e pedir o seu orçamento!

Leia Também

Produtos em Destaque

Kit Plantio Tornitec Agross

Menos trabalho e mais rentabilidade no campo

Vollverini

Descompactador Giratório para Agricultura